Renan Pivetta - Osteopatia Indaiatuba / Artigos  / Constipação em bebês

Constipação em bebês

Um situação que pode preocupar bastante os pais é a chamada constipação, também conhecida por intestino preso. Em geral os problemas de constipação nos bebês são de ordem funcional, é comum que a baixa atividade intestinal venha acompanhada de dor e desconforto abdominal e ao evacuar, a segunda muitas vezes pelo ressecamento, sendo que a frequência é menor do que duas vezes por semana. Esse número não é absoluto, por isso é muito importante ouvir a opinião do médico responsável. Não devemos considerar apenas a frequência, mas outros fatores como formato das vezes, consistência e o esforço de defecação, entre outros. Além disso é possível que a criança apresente algumas alterações comportamentais, como irritabilidade, por exemplo.⁣

Como disse os problemas, na maior parte das vezes são funcionais, porém é sempre indicado consultar um médico de confiança para diagnóstico diferente. Nas desordens funcionais observamos existe uma de performance intestinal. Tendo isso em vista o tratamento deve ser voltado para melhoria dos sistemas e regiões corporais que permitam que os intestinos desempenhem uma melhor função, são eles: ⁣

– Sistema nervoso autônomo (cranial, toracolombar e sacral);⁣
– Aporte vascular: arterial, venoso e linfático; ⁣
– Cavidades: torácica, abdominal e pélvica;⁣
– Diafragmas: respiratório e pélvico;⁣
Porém acessar apenas as áreas orgânicas relacionadas ao funcionamento intestinal não torna o tratamento completo, por isso devemos ter em conta o bebê e todo o seu entorno como um todo, considerando fatores alimentares, estresse ambiental, alergias, dentre outros. Só dessa forma podemos ter realmente um tratamento integral e é esse tipo de abordagem que é preconizada como padrão ouro dentro de qualquer tratamento osteopático. ⁣

Procure sempre profissionais com treinamento específico em pediatria, a abordagem é diferente de um adulto.