Relação entre problemas musculoesqueléticos e vísceras

Você sabia que é comum pessoas que tenham problemas respiratórios, gastrointestinais e/ou uroginecológicos apresentarem dores musculoesqueléticas? Não é difícil entender como isso pode ocorrer, pois nossos órgãos se comunicam com o sistema musculoesquelético de diversas maneiras e os sistemas são dependentes entre si. Por exemplo: para ter uma boa oxigenação nos músculos, eles precisam que a respiração funcione adequadamente, e para respiração funcionar adequadamente é preciso que os músculos da respiração estejam saudáveis. Então podemos pensar da seguinte forma: ao desenvolver um...

Osteopatia e doença auto-imune

Esse é um assunto bastante, quer dizer, extremamente complexo: como podemos ajudar no tratamento de doenças autoimunes? Nesse texto vou focar em aspectos gerais das doenças autoimunes que podem ter um comprometimento articular. As doenças autoimunes estão ligadas diretamente a processos inflamatórios recidivantes e quando pensamos nelas precisamos entender a fisiologia do sistema imune e do processo inflamatório. Além disso a inflamação crônica articular tende a gerar perdas de mobilidade e dores, mesmo durante os períodos silenciosos da doença. Portanto a atuação...

Neuromodulação da dor e osteopatia

As técnicas de terapia manual são eficazes para a neuromodulação da dor em pacientes com problemas musculoesqueléticos. Geralmente as explicações para o efeito das técnicas é biomecânica, pautadas nos ajustes de falhas posicionais.Entretanto, as evidências apontam para um forte componente neurofisiológico atuando nesses casos. Os processos envolvidos podem ocorrer tanto ao nível medular quanto em centros superiores. Basicamente, a partir de um estímulo mecânico, as técnicas de terapia manual causam uma cascata de eventos neurofisiológicos que aumentem a tolerância à...

Conheça o sistema trigeminovascular

O sistema trigeminovascular se refere às estruturas intracranianas que possuem inervação sensitiva relacionada ao quinto par craniano, o nervo trigêmeo. A segunda parte do nome “vascular”, diz respeito ao sistema vascular intracraniano, ou seja, o sistema trigeminovascular está relacionado com a inervação sensitiva dos vasos e meninges circundantes intracranianos. Dos três grandes ramos trigeminais o mais presente nesse sistema é o primeiro, o ramo oftálmico. Esse sistema inerva principalmente as estruturas da região anterior do crânio, podendo estar presente na...

Síndrome toracolombar

Ainda pouco diagnosticada, a síndrome toracolombar (STL) requer conhecimentos de anatomia aplicada à clínica por parte do profissional de saúde para não passar desapercebida. Ela foi inicialmente descrita por Maigne, por isso também é conhecida como síndrome de Maigne.⁣ ⁣ A STL diz respeito à sensibilidade de ramos neurais originados entre T11 a L2, com algumas variações de acordo com a literatura. A distribuição desses nervos cutâneos se dá à distância de sua emergência, portanto as dores também serão distantes do eixo...

Regressão espontânea da hérnia de disco: a importância da inflamação

A hérnia de disco (HD) é bastante temida e pouco compreendida por parte de profissionais e pacientes. Sabemos que sua incidência aumenta com a idade e que aparentemente isso é um processo normal, até mesmo em pessoas que não apresentam dores. É possível afirmar que apenas uma pequena parcela dos portadores de HD irá apresentar sintomas clínicos, sendo os mais comuns as dores locais com irradiações para os membros. Mas o que está por trás da dor nesses casos?! Há uma...

Zumbido

Hoje vamos falar sobre um assunto que ainda não possui muitas publicações dentro da pesquisa cientifica osteopática: o zumbido. Existem muitos tipos diferentes de zumbido com causas específicos e outros inespecíficos. Nesse texto vamos focar sobre as hipóteses osteopáticas que podem estar relacionadas à essa queixa.

A revolução da Osteopatia no esporte

A Osteopatia está ganhando cada vez mais espaço no meio esportivo, inclusive esteve presente nos jogos olímpicos do Rio de Janeiro, sendo amplamente utilizada com atletas amadores até os maiores clubes de futebol europeu. Mas o que é a Osteopatia? Trata-se de uma metodologia de avaliação e tratamento baseada em princípios anatômicos e fisiológicos que regem a regulação do corpo. A especialidade ajuda a aliviar, corrigir disfunções e recuperar lesões musculoesqueléticas e alterações orgânicas em geral. Através da intervenção manual sobre...

Benefícios da Osteopatia para os praticantes de atividade física

Atualmente observa-se uma grande procura pela atividade física e cada vez mais aumenta a busca por orientação profissional especializada para que o exercício seja realizado de maneira adequada, alcançando os objetivos desejados sem a ocorrência de lesões durante o treinamento, entretanto nem sempre é o que ocorre. Sendo assim a proposta é explorar uma das possibilidades relacionadas ao aparecimento de lesões decorrentes do exercício, prescrito e executado corretamente. É um tema bastante amplo, pois o exercício envolve diversos fatores como: biomecânico, bioquímico e psíquico....